top of page

Felicidade, por Nora Prado (*)


Precisamos de tão pouco para ser feliz

Água, pão e mel

Um recanto seguro para dormir

janelas para entrar o sol.


É tão simples acolher o dia

lembrar de uma canção

abraçar um amigo

reafirmar a fé no amor.


Precisamos de tão pouco

para voar

Imaginação, disposição

para o frescor do novo

pureza no coração.


É tão fácil passear pela vida

descobrir sentidos

recriar espaços

abrir gentilmente os braços

receber a existência

promover encontros.


É tão bom estar aqui e agora

fazer as pazes com Deus

apostar na alegria

e perceber que não falta nada.


É preciso tão pouco

para saber que está tudo

em seu lugar

que a graça está no ar.


É tão óbvio olhar ao redor

aceitar a beleza da vida

e perceber que podemos renascer agora.


Porto Alegre, 16 de dezembro de 2023.



Comments


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page