top of page

FRENTE FORMADA PELO PT, PCDOB E PV ANUNCIA CANDIDATURA DE OLÍVIO DUTRA AO SENADO NO RS


A federação formada por PT, PCdoB e PV, que tem Edegar Pretto como pré-candidato a governador do Rio Grande do Sul e Lula como pré-candidato a presidente do Brasil, anunciou a candidatura de Olívio Dutra (PT) ao Senado, ao meio-dia desta segunda-feira (25/7). Aos 81 anos e sempre adepto às mudanças em prol da coletividade, o ex-governador pretende trabalhar para que sua candidatura seja por meio de "mandato coletivo", modelo aprovado por meio de resolução pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em dezembro de 2021.


Utilizados nas Assembleias Legislativas e nas Câmaras de Vereadores, os mandatos coletivos surgiram a partir de 2016 e ainda não chegaram ao Senado. Esse modelo político vem conquistando cada vez mais adeptos Brasil a fora e se configura quando a candidatura à vaga parlamentar é assumida por um grupo de pessoas e não apenas por um candidato. No Senado, ainda não há mandatos coletivos, mas Olívio está disposto a fazer essa construção. Nesse sentido, a indicação dos nomes para a suplência são extremamente importantes, pois em determinados períodos também estarão à frente do mandato. No modelo em questão, é necessária a escolha de um cabeça de chapa, que, se eleito, é quem pode votar em projetos, falar em plenário e ser remunerado pelo cargo. A Frente Nacional de Mandatas e Mandatos Coletivos tem trabalhado no sentido de garantir juridicamente a divisão de uma cadeira legislativa em três ou mais pessoas.


NOVOS DESAFIOS

A coragem e o ímpeto por novos desafios e transformações sociais efetivas são características marcantes na vida política do "Galo Missioneiro", forma carinhosa com que Olívio Dutra é chamado pelos companheiros de partido. Ex-prefeito de Porto Alegre, ex-deputado federal, ex-governador e ex-ministro, Olívio é considerado, até pelos próprios adversários, um exemplo em termos de conduta, de ética e de honestidade. Em 2014, Dutra foi candidato ao mesmo cargo, perdendo por uma diferença muito pequena para Lasier Martins (Podemos), que na época era filiado ao PDT (Lasier fez 37,42% contra 35,31% dos votos para Olívio Dutra).

Comments


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page