top of page

VEREADORES DO PT DE PORTO ALEGRE PEDEM AVERIGUAÇÃO SOBRE USO DE RECURSOS DA SAÚDE PARA PROPAGANDA

No domingo à noite (21/6), o vice-prefeito de Porto Alegre, Gustavo Paim (PP), que rompeu politicamente com o prefeito Nelson Marcehezan Júnior, fez uma postagem no Twitter criticando a campanha veiculada pela Prefeitura no intervalo do programa Fantástico, da rede Globo. Assim como o vice-prefeito, boa parte da população da capital gaúcha vem demonstrando inconformidade com uso das verbas públicas para fazer publicidade e com algumas iniciativas do atual prefeito. Nesta segunda-feira (22/6), a bancada do Partido dos Trabalhadores (PT)T na Câmara de Vereadores ingressou no Ministério Público de Contas, solicitando averiguação sobre a destinação de recursos do Fundo Municipal de Saúde para despesas em publicidade. O procurador Geraldo da Camino acolheu o pedido e encaminhou para análise.

O documento é assinado pelo líder da bancada, Adeli Sell e pelos vereadores, Aldacir Oliboni, Engenheiro Comassetto e Marcelo Sgarbossa. “Solicitamos providências para impedir que os recursos públicos sejam destinados para finalidades alheias ao interesse público”, argumentam os vereadores por meio do documento. Segundo relato dos vereadores do PT, consta no portal Transparência que os recursos foram retiradas do Fundo Municipal de Saúde sem que o Conselho Municipal de Saúde fosse consultado. Os vereadores se referem à destinação de R$ 1,1 milhão do Fundo Municipal de Saúde para propaganda sobre o aniversário de Porto Alegre e que foram repassados à empresa Morya Sul Agência de Publicidade.

Commenti


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page