top of page

TRÊS EM CADA QUATRO BRASILEIROS PERDERAM ALGUÉM PELA COVID E 3ª ONDA PODE RESULTAR EM 680 MIL MORTES


Pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) indica que três em cada quatro brasileiros perderam alguém vítima da covid-19 no Brasil. O levantamento, divulgado na segunda-feira (3/5), revela que 53% dos entrevistados perderam um amigo, 25% um parente que mora em outra residência e 15% um colega de trabalho. O resultado do estudo é uma demonstração do quanto é grave o cenário no país. Desde o início da pandemia de coronavírus, mais de 407 mil pessoas perderam a vida em decorrência da covid-19. A situação pode piorar ainda mais, segundo projeções do Instituto de Métricas de Saúde e Avaliação (IHME), da Universidade de Washington, nos Estados Unido, com uma terceira onda de propagação da covid-19 no país.


De acordo com as projeções do IHME, em um cenário mais moderado, o Brasil poderá chegar às 575 mil mortes até 1º de agosto. No caso de um agravamento da situação, o país atingiria a marca de 688,7 mil óbitos, no mesmo período. As estimativas apresentadas pela Universidade de Washington representam mais um alerta para o Brasil para um futuro próximo. Já o estudo "Os brasileiros, a pandemia e o consumo" , da CNI, revela o drama vivenciado por milhões de brasileiros diante das mortes por covid-19 .


A pesquisa revela que 56% dos brasileiros possui atualmente um medo “muito grande” ou “grande” da covid-19. A pesquisa revela ainda que 89% dos brasileiros consideram a pandemia no Brasil “muito grave” ou “grave”., enquanto 6% a classificam como “mais ou menos grave” e apenas 10% dos brasileiros a tratam como “pouco grave” ou “nada grave”. O estudo da CNI, que foi realizado pelo Instituto FSB Pesquisa entre os dias 16 e 20 de abril, entrevistou 2.010 pessoas com mais de 16 anos, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos porcentuais, com intervalo de confiança de 95%.

Comments


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page