top of page

SEIS MESES APÓS O ÁPICE, BRASIL REGISTRA QUEDA DE 90% NO NÚMERO DE ÓBITOS EM DECORRÊNCIA DA COVID-19


A queda no número de mortes por covid-19 no Brasil foi de quase 90% em relação a seis meses atrás, período em que o país registrou recorde de óbitos diários, desde a confirmação do primeiro caso, no dia 26 de fevereiro de 2020. No dia 19 de abril de 2021, o país vivia o ápice da pandemia, com cerca de três mil mortes diárias. De acordo com dados do Ministério da Saúde, o número total de óbitos em decorrência de complicações causadas pela covid-19 é de 603.855. Mais de 21 milhões de pessoas foram diagnosticada com doença, desde o início da pandemia no país.


A queda de mortes esta associada à vacinação da população. Na terça-feira (19/10), o painel de vacinação do Ministério da Saúde indicava que mais de 108 milhões de brasileiros já cumpriram integralmente o esquema vacinal. Essa população corresponde a 68% do público-alvo da campanha do Programa Nacional de Imunização (PNI).


A ferramenta informa, ainda, que 3,6 milhões de pessoas já tomaram a dose de reforço, recomendada para pessoas acima de 60 anos, imunossuprimidos (aqueles cujos mecanismos normais de defesa contra infecção estão comprometidos) e profissionais de saúde. o Brasil atingiu a marca de 48,92% da população totalmente imunizada contra a covid-19. Em números, significa que 104.352.811 receberam as duas doses ou o imunizante de aplicação única. O número de habitantes parcialmente imunizados, ou seja, com ao menos uma dose das vacinas disponíveis é de 151.498.935, o que corresponde a 71,02% da população.

Comments


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page