top of page

Mostra "Cia Rústica 20 anos: o começo" terá dois meses de programação na Zona Cultural, em Porto Alegre

Nos meses de março e abril, a mostra Cia. Rústica 20 anos — o começo vai comemorar as duas décadas da trupe, um dos grupos teatrais mais premiados do Rio Grande do Sul. Entre as atrações, estão espetáculos, a estreia de um documentário e uma oficina de montagem. Será uma celebração dupla. É que toda programação será realizada na Zona Cultural (Av. Alberto Bins, 900 — Centro Histórico de Porto Alegre), que está completando um ano de atividades. 


O público poderá cantar e se divertir na próxima edição de Karaokengas (02/03), um misto de show de auditório, karaokê e festa. Será uma versão pós-carnaval, intitulada Macetando o Apocalipse e com muitas músicas que fazem a cabeça dos foliões. Peças de sucesso da companhia também estarão novamente em cartaz: O Fantástico Circo-Teatro de um Homem Só (15 a 17/03), Estrelas — a pessoa nasce pra brilhar (22 a 24/03 e 19 a 21/04), Cabaré Desejo (05 a 14/04) e Cabaré do Amor Rasgado (26 a 28/04). 


Testemunho em vídeo de um dos mais recentes projetos do coletivo de artistas, Cabarés do Sul do Mundo — o documentário será lançado no dia 26 de março com entrada franca. Após a exibição, haverá uma bate-papo sobre o trabalho desenvolvido pela Cia. Rústica. E, quem quiser participar do processo criativo de uma produção do grupo, poderá integrar o elenco de Vexame — a vida é um show.  A oficina de criação e montagem terá início no dia 11 do mesmo mês. 


Então chegamos a duas décadas de trajetória desta nau errante que se aventurou em diferentes rotas, abrigou diversos tripulantes e arriscou possibilidades. Nesses 20 anos, a Cia Rústica foi porto e plataforma, lugar de junção e encontro de artistas e público, experiência de modos de criação artística em diálogo com o social. Buscamos articular a dimensão cidadã do fazer da cena e a percepção de que o teatro é uma festa, que celebra o transbordamento da vida sem esquecer da morte. Pensamos que esta cena festiva, que desvia e provoca, pode se infiltrar nas frestas do poder e da sisudez para quem sabe abrir janelas e imaginações em direção a outros possíveis, comemora a diretora Patrícia Fagundes. 


Já o primeiro aniversário da Zona Cultural será celebrado com uma festa fechada para convidados. A ideia é reunir os profissionais do palco que criaram e mantêm vivo esse importante espaço de produção e difusão artística da capital gaúcha. A Aniverzona será realizada no dia 10 de março. 


 — Em 2023, a Cia. Rústica passou a ser residente na Zona Cultural, um espaço independente bancado por artistas. Uma nova aventura, cheia de riscos e desafios e também de sonhos e desejos. Um projeto político desejante de novos territórios para a criação cênica — explica Patrícia Fagundes. 


 Um dos diferenciais do centro cultural é o Bar da Zona, que abre às 19h e fecha às 23h30min em dias de apresentações. Entre as especialidades, estão panquecas de espinafre com ricota e nozes ou de chocolate com sorvete de creme e frutas vermelhas. O cardápio conta ainda com quiches, tortilha espanhola e minipizzas. Há também bebidas para todos os gostos, incluindo drinks clássicos e autorais.

Comments


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page