top of page

MARCHA UNIFICA O 8 DE MARÇO EM PORTO ALEGRE E GOVERNO LULA ANUNCIA PACOTE DE AÇÕES PARA AS MULHERES


Milhares de mulheres vão sair às ruas de Porto Alegre para reafirmar a luta em defesa da vida e dos direitos, durante a tradicional Marcha do 8 de março, que terá concentração a partir das 17 horas na Esquina Democrática e segue até a Usina do Gasômetro. A atividade vem sendo organizada por diversas entidades que integram os movimentos feministas do campo e da cidade. Além de chamar atenção da sociedade para questões urgentes como o combate à violência e os feminicídios, as mulheres exigem a ampliação das políticas públicas de enfrentamento ao machismo estrutural e das desigualdades de gênero. As atividades do 8M também têm caráter pedagógico, tanto do ponto de vista das inúmeras conquistas que têm mudado a sociedade ao longo dos tempos, quanto da postura em relação à violência, à discriminação, à luta por igualdade de direitos, entre outras. Este ano, o 8 de março no Brasil tem uma peculiaridade que merece comemoração: a eleição de Lula e a vitória contra o fascismo e contra os retrocessos, com participação decisiva das mulheres.


GOVERNO LULA LANÇA PACOTE DE AÇÕES Para marcar a data, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva preparou um pacote de ações em prol das mulheres brasileiras. As novas medidas serão anunciadas no final da manhã, durante uma cerimônia no Palácio do Planalto, promovida pela ministra das Mulheres, Cida Gonçalves. O pacote do governo Lula inclui 25 ações, dentre elas a criação do Dia Nacional Marielle Franco e a construção de Casas da Mulher Brasileira e oficinas de fabricação de absorventes em presídios femininos. A Secretária Nacional de Mulheres do PT, Anne Moura, afirma que este 8 de março tem um caráter especial, pois marca a retomada da democracia no Brasil e de um governo que respeita os direitos das mulheres.


OUTRAS MEDIDAS:

– Produtos em condições especiais no Banco do Brasil, como linha de crédito com taxa menor para agricultoras familiares ou empreendedoras.

– Programa Empreendedoras Tec para empresas e projetos tecnológicos liderados por mulheres.

– Dia Nacional Marielle Franco contra violência política.

– Colocar como critério de desempate em licitações do governo federal a equidade de trabalhadores homens e mulheres.

– Encontro Nacional das Mulheres das Águas e lançamento do prêmio Mulheres das Águas.

– Lançamento do Programa Dignidade Menstrual para pessoas em situação de vulnerabilidade.

– Edital de R$ 4 milhões para projetos municipais com foco na prevenção à violência e à criminalidade, com foco em mulheres.

– Edital de 1,5 milhão para financiar projetos para fomentar ações de geração de trabalho, renda e participação social para mulheres em situação de vulnerabilidade.

– Doação de 270 viaturas para as Patrulhas Maria da Penha.

– Reforço das estruturas das delegacias de atendimento à mulher.

– Construção de Casas da Mulher Brasileira em capitais e no interior do país.

– Desenvolvimento de encontros, eventos debates e balanços no âmbito do Ministério da Justiça e Segurança Pública com foco em gênero.

コメント


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page