top of page

LEITE E ONYX DISPUTAM O GOVERNO DO ESTADO DO RS COM AMPLA VANTAGEM EM RELAÇÃO AOS DEMAIS CANDIDATOS


Eduardo Leite (PSDB) e Onyx Lorenzoni (PL) lideram as pesquisa para a eleição ao governo do estado do Rio Grande do Sul, com ampla vantagem em relação aos demais candidatos, como mostra o levantamento do Instituto Paraná Pesquisa, publicado na segunda-feira (4/7). O mesmo acontece em relação à disputa ao Senado, em que Ana Amélia Lemos ( PSD) e o General Hamilton Mourão (Republicanos) superam os demais candidatos com mais de o dobro do percentual da intenção de votos. Os resultados da pesquisa são um choque de realidade para a esquerda gaúcha, que está cada vez mais distante da construção de uma candidatura de consenso e com possibilidade de disputar o segundo turno. Nem mesmo a soma dos percentuais de votos de Beto Albuquerque (PSB), Edegar Pretto (PT), Pedro Ruas (PSOL) e Vieira da Cunha (PDT) ultrapassam Onyx, que é o segundo colocado na disputa ao Piratini, com 22,1% dos votos. Eduardo Leite lidera a pesquisa, somando 29,5% dos votos.

O levantamento foi realizado entre os dias 27 de junho e 1 de julho, com 1.540 eleitores e atinge um nível de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,5% em relação aos resultados gerais. O número de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é RS-07079/2022.


CONFIRA O RESULTADO

Para o governo do Estado, a pesquisa apresenta o seguinte cenário:

  • Eduardo Leite (PSDB): 29,5%

  • Onyx Lorenzoni (PL): 22,1%

  • Beto Albuquerque (PSB): 7,6%

  • Luis Carlos Heinze (PP): 6,6%

  • Edegar Pretto (PT): 5,3%

  • Pedro Ruas (PSol): 2,5%

  • Vieira da Cunha (PDT): 2,2%

  • Gabriel Souza (MDB): 2,1%

  • Roberto Argenta (PSC): 1,2%

Já para o cargo de senador, este é o primeiro cenário apresentado:

  • Ana Amélia Lemos (PSD): 26,4%

  • General Hamilton Mourão (Republicanos): 23,4%

  • Miguel Rossetto (PT): 10,6%

  • Lasier Martins (Podemos): 8,7%

  • Nelson Marchezan Junior (PSDB): 4,8%

  • Comandante Nádia (PP): 3,8%

Comments


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page