top of page

GOVERNO LULA APOIA A CPMI PARA INVESTIGAR ATOS ANTIDEMOCRÁTICOS DE 8 DE JANEIRO


O governo Lula era contrário à instauração de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar os ataques bolsonaristas ao Palácio do Planalto, no dia 8 de janeiro. No entanto, após a divulgação das imagens de câmeras, em que o ministro Gonçalves Dias, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), aparece orientando os invasores, a situação mudou.


As imagens divulgadas na quarta-feira (19/4) levaram o ministro a pedir demissão. O presidente Lula indicou Ricardo Capelli, ex-interventor da segurança no Distrito Federal, para assumir interinamente o comando do GSI. A CPMI deve acabar definitivamente com as acusações de envolvimento do governo Lula nos atos. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, ordenou que a Polícia Federal busque o depoimento de Gonçalves Dias. Moraes também determinou que o interino do GSI informe quem são todos os servidores identificados nas imagens e que os mesmos prestem depoimento em até 48 horas.


A primeira sessão da CPMI deve ocorrer já na quarta-feira (26/4).

Comments


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page