top of page

DROPS DA COPA - FIM DAS OITAVAS RUMO ÀS QUARTAS, POR JÚLIA LANZ*


COPA DAS SURPRESAS A Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2023 tem trazido resultados inesperados desde sua estreia. Enquanto a fase de grupos terminou surpreendendo com a histórica classificação de três times africanos e um caribenho para as oitavas de final, e a inimaginada eliminação da seleção Alemã, as oitavas de final também trouxeram surpresas.


DECISÃO NOS PÊNALTIS Em jogo contra a Suécia, as estadunidenses terminaram empatadas em 0 a 0 tendo que decidir nos pênaltis. E pela primeira vez na história das Copas, a seleção dos Estados Unidos foi eliminada nas oitavas e não estará entre as três primeiras colocações. Outra partida decidida nos pênaltis foi a de Inglaterra contra Nigéria. As favoritas e atuais campeãs europeias, as inglesas sofreram para garantir a classificação. As nigerianas foram pra cima, em especial no segundo tempo. Para dificultar ainda mais para a Inglaterra, Lauren James foi expulsa no fim do tempo regulamentar. Com a prorrogação finalizada em 0 a 0, a decisão foi para os pênaltis e por 4 a 2 a Nigéria foi desclassificada.

GOLEADAS Duas goleadas marcaram também as oitavas de final. A Espanha goleou a Suíça por 5 a 1, a partida conquistou o título de maior número de gols em um mata-mata desde a final da Copa de 2015. As espanholas entraram para a história com o maior número de gols em um jogo de oitavas de final do torneio feminino. Além disso, foram 26 finalizações da Espanha ao longo do jogo e a classificação inédita para as quartas de final. Já a Suíça teve sua pior derrota na história da competição, sofrendo em um jogo o mesmo que levou ao longo das últimas sete partidas.

A outra goleada veio no jogo da França contra o Marrocos, onde as francesas venceram por 4 a 0, o maior número de gols em jogos de mata-mata da França na competição. É a quarta vez que a França se classifica para as quartas de final da Copa do Mundo Feminina. A seleção do Marrocos venceu a metade dos jogos disputados na Copa, suas duas derrotas foram para seleções europeias. Apesar de deixar a competição, a seleção Marroquina fez história ao ter a primeira jogadora a usar hijab na Copa do Mundo.


ANFITRIÃ SEGUE Austrália, uma das anfitriãs, venceu a Dinamarca por 2 a 0 e garantiu a vaga nas quartas de final. A Dinamarca disputou por três vezes mata-mata em Copas, perdendo todos.

DEMAIS PARTIDAS Holanda venceu a África do Sul por 2 a 0. As africanas jogaram bem organizadas, com raça e determinação, mas não foi o suficiente para barrar a vitória da Holanda que dominou a técnica na partida.

O Japão ganhou da Noruega por 3 a 1 em partida que teve defesa surpreendente da goleira. As japonesas também seguem com o título de melhor ataque da competição.

Colômbia venceu por 1 a 0 a Jamaica e vai pela primeira vez às quartas de final, mas conquistar a vitória não foi fácil com a defesa forte das Jamaicanas que não haviam levado nenhum gol na Competição. A Colômbia é a segunda seleção da América do Sul a chegar às quartas de final da Copa.

QUARTAS DE FINAL Os jogos das quartas de final começam na quinta-feira 11/08 à noite e seguem até o sábado 13/08 pela manhã.


*Júlia Lanz é jornalista

Comments


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page