top of page

12 DE MARÇO, DIA NACIONAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DA COVID-19


A data foi proposta pela Associação Nacional Vida e Justiça em Apoio e Defesa dos Direitos das Vítimas da Covid-19 em seu documento de contribuição ao Relatório Final da #CPIdaCovid. O Senado deu pronta resposta e aprovou a data através de projeto de lei dos senadores Humberto Costa e Rogério Carvalho. Na Câmara dos Deputados, o deputado federal Pedro Uczai, autor de projeto com o mesmo objetivo, trabalha para que o presidente da Casa, Arthur Lira, faça esse gesto em #solidariedade a todas as vítimas diretas e indiretas dessa pandemia que no Brasil se transformou em genocídio.


A realidade brasileira de desamparo das milhares de vítimas da covid-19 que sofrem as mais variadas sequelas – desde problemas crônicos de saúde a dificuldades econômicas e sociais como a orfandade resultante de vidas perdidas – levou a sociedade a organizar redes para lutar por direitos. A Associação Nacional em Apoio e Defesa dos Direitos das Vítimas da Covid-19 Vida e Justiça nasceu em abril de 2021, com objetivo de reunir essas vozes.


Formada por uma coordenação colegiada nacional de 13 membros, sob coordenação geral da sanitarista Lucia Souto, da Fiocruz, a entidade é composta por defensores de direitos humanos, lideranças sociais e políticas de todo o país. Com atuação em diversos estados e forte presença no Congresso Nacional, já protocolou projetos prevendo aumento de impostos para super ricos, a fim de buscar recursos para combater a crise sanitária da pandemia. Associação Vida e Justiça defende o direito à memória, à verdade e à justiça das famílias atingidas diretamente pela covid, como reparação do Estado brasileiro pelas consequências na vida de milhões de trabalhadores e trabalhadoras.



Comments


JORNALISMO LIVRE E INDEPENDENTE_edited_e
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
bottom of page